Amor · pensamentos

Carência e medo

E quando a carência se faz presente? Quando a ausência do toque na pele, o doce do beijo e o carinho em cuidar ausentam-se? Não é por sentir saudade de alguém, mas sim, saudade de ter alguém por perto para calar sua voz, para ser o teu manto, teu companheiro, teu amigo, fiel escudeiro.

É sentir que falta alguma coisa para completar o copo meio cheio. Aquele telefone que não para de tocar altas horas da noite, whatsapp bombando de mensagens de carinho e de um te amo no final.

Família antiga conhece a família nova, raiva, ódio e rancor não levam a nada! É vida que segue sem medo de ser feliz. Há tantos textos motivacionais dizendo que devemos ser autossuficientes, mas o que é ser isso exatamente? Podemos ter o direito de ser autossuficiente com alguém do nosso lado no caminhar do dia a dia também.

Saudade daquilo que já existiu e que talvez não tenha existido mesmo. Nos apaixonamos por pessoas que criamos, inventamos em nossa mente e depois passamos a amar. Quem dera se um dia pudéssemos controlar os nossos sentimentos e emoções…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s